10 dicas para administrar redes sociais de pequenas e médias empresas

administrar redes sociais

As redes sociais podem ser usadas para uma variedade de propósitos em sua pequena ou média empresa.

Hoje em dia, todos estão conectados em diferentes plataformas e dispositivos, e não se fazer presente nesses locais é dar um tiro no próprio pé. A necessidade de estar conectado com o seu público é máxima comparada a tempos passados, não é mesmo? Você lembra como era antigamente?

A empresa investia alto em propagandas e publicidades tentando fisgar o consumidor para a venda do seu produto e/ou serviço, o que já não funciona mais!

Esse tipo de marketing já ficou defasado: hoje em dia, a internet reina e suas tecnologias digitais estão cada vez mais evoluídas. As mídias sociais se tornaram ferramentas indispensáveis de vendas e construção de sua marca!

Quer se trate de venda, marketing de conteúdo ou de suporte ao cliente, as redes sociais dão a oportunidade perfeita para chegar ao seu público específico, construir sua marca e se tornar referência forte em seu segmento.

No entanto, com tantas plataformas diferentes disponíveis e forte concorrência em todas elas, pode ser difícil estabelecer a sua pequena ou média empresa no Twitter, G+, Instagram e Facebook.

Será que a sua marca está sendo representada nas redes sociais da maneira que você gostaria?

Se a resposta for não ou você pensa que pode melhorar, siga estas 10 dicas de administração de redes sociais em pequenas e médias empresas para amplificar seus os resultados:

1 – Escolha as redes sociais certas

Se você não está ganhando nenhuma tração em algumas das plataformas de mídia social em que está ativado, pode não ser inteiramente culpa sua.

Com centenas de aplicativos existentes, e novos surgindo todos os dias, é tentador estar em todos eles, não é mesmo? No entanto, seu trabalho é encontrar aqueles que se alinham com a imagem da sua marca. Caso contrário, as chances de fracasso são altas.

Por exemplo, se sua empresa é um escritório de contabilidade, o Tumblr provavelmente não será a melhor opção para você, já que o público principal são de adolescentes e pessoas com vinte e poucos anos.

Uma opção melhor seria o LinkedIn, uma vez que é uma rede B2B – e que atrai empresários. O Facebook também é interessante para criar engajamento com seu público e potenciais clientes.

2 – Desenvolva a sua voz e estilo

A personalidade da marca deve ser refletida em seus posts de mídias sociais: e isso significa desenvolver uma voz de mídia social.

Encontrar a sua voz pode demorar algum tempo, mas você vai decidir conforme depois de testar algumas possibilidades. Para encontrá-la, considere três elementos principais:

  • A cultura de sua empresa

Como é a cultura da sua empresa? Ela é aquilo que você representa. Por exemplo, a cultura de Under Armour tem a ver com o desempenho ao mais alto nível e a inovação.

O uso de hashtags como #IWILL em posts de mídia social mostra que a voz de mídia social da empresa é um reflexo direto de sua cultura.

  • Você é a sua audiência

Falar de uma forma que o público se conecta com você é muito importante. Para tanto, incluir o uso de determinadas linguagens e referências que são populares em seu mercado-alvo é uma boa alternativa.

A Taco Bell está constantemente em sintonia com o que é popular com seu público específico (um jovem urbano) e usa artesanato em seus posts de mídia social para representar essa voz.

  • Autenticidade

Seja qual for a sua voz de mídia social a ser desenvolvida, certifique-se de que ela vai ser autêntica para a sua marca. Os posts de Taco Bell ressoam com seu público porque a empresa tem sido consistente e se sente autêntica.

Se você analisar a conta do Twitter Huggies, vai encontrar muitos tweets que falam diretamente para o principal segmento da empresa, que são as mães. A voz de mídia social da Huggies é genuína e autêntica para a marca.

3 – Seja consistente com seus tópicos

As redes, como Twitter, Facebook e Google+, são muito boas para cuidar do conteúdo de toda a Web.  A curadoria é uma ótima maneira de ajudá-lo a construir a autoridade em sua empresa, bem como fornecer um fluxo constante de posts de mídia social que não sejam de autopromoção.

Você pode achar que fazer postagens no blog, vídeos e outros conteúdos para partilhar com a sua audiência é uma tarefa bastante simples.

No entanto, qualquer material produzido deve ir de encontro com aquilo que a marca representa, a linguagem que usa e destinado ao público-alvo.

Você pode escolher alguns tópicos que estão intimamente relacionados com a sua empresa e, também, com o seu público-alvo. Fazendo isso, você estará lembrando o público quem é você, sua marca, e se consolidando na mente dele.

4 – Mantenha uma frequência de publicação

Nada vai prejudicar mais os esforços de mídia social do que a postagem irregular. Inserir tweets uma vez a cada semana ou subir um novo post no Instagram mês a mês é a receita certa do fracasso.

A frequência com que você deve postar depende do seu público específico, definido. Uma das melhores maneiras de determinar quantas vezes postar é usar uma plataforma que integre todas as redes sociais e faça análise dessas ferramentas, bem como os resultados que geram.

As ferramentas de publicação permitem que você agende suas postagens e avalie quais os posts estão gerando mais envolvimento.

Fazer essa análise é essencial para conquistar bons resultados. Dessa forma, você pode ajustar o que for preciso, até chegar à formula do sucesso para a sua empresa.

5 – Responda perguntas dos clientes com rapidez

É importante você se envolver com o público da sua pequena ou média empresa pelas mídias sociais. Sendo assim, é imprescindível responder aos comentários, mensagens e perguntas que são feitas.

Agradecer a sua audiência por comentários com palavras positivas ​​e abordar as preocupações e más experiências com seu negócio pelas mídias sociais podem ajudá-lo a obter e manter os clientes sempre interagindo.

Você pode responder rapidamente sem interromper sua agenda, reservando 5-10 minutos por dia para examinar suas notificações e responder ao seu público.

Envolver-se com seu público exige, em média, apenas 2 horas por semana, se você estiver em três plataformas de mídia social. Portanto, não deixe essa parte de lado.

6 – Divulgue conteúdos de um blog, não apenas publicações interativas

Normalmente, as pequenas e médias empresas publicam vários posts por dia apenas com o intuito de interagir com o seu público específico. Elas criam posts engraçados, alguns vídeos interessantes, imagens com frases motivacionais para atrair a audiência.

Não que essa iniciativa seja errada, mas uma publicação com um conteúdo relevante do seu blog é bastante significativo. O ideal é você fazer uma mesclagem entre todas as formas possíveis de posts.

Divulgue os conteúdos do seu blog nas redes sociais. E você deve lembrar que eles devem trazer uma informação que o seu público espera, solucione as suas dúvidas, agregue valor e seja interativo, atrativo, dinâmico.

7 – Adeque a linguagem ao posicionamento da empresa

A linguagem que a sua empresa deverá usar, seja ela pequena ou média, precisa estar de acordo com o seu público definido. Certamente, você concorda que uma mensagem mais rebuscada, técnica e profissional não atinge a todos, não é mesmo? Por outro lado, uma linguagem simples tende a atrair um número muito grande de pessoas.

Você pode mesclar entre o uso da linguagem em diferentes situações a fim de que possa atingir a maioria das pessoas que segue a sua marca.

Entenda que os conteúdos e tudo que sua empresa fizer são voltados ao seu potencial cliente e público específico. Por mais que você goste de usar termos mais robustos, os seus leitores são os que mais devem ficar interessados nos conteúdos.

8 – Seja informativo e não ignore ninguém

A informação é um ativo que atrai o seu público específico. É fundamental que valorize uma mensagem informativa. Além disso, ela deve ser útil, e ajudar de alguma forma o leitor.

Hoje, o público está exigente, seletivo em meio a tantas informações que nas suas redes sociais. Por isso, você deve ser um diferencial na qualidade do conteúdo que distribui.

Outro aspecto essencial é o fato de não ignorar ninguém. As pessoas querem interagir e quando notam que a empresa pouco se importa com isso, elas simplesmente não voltam mais.

9 – Faça com que as publicações levem ao site

Independentemente do tipo de publicação que você faça, sempre coloque o endereço de seu site para que o seu público possa clicar e se dirigir a ele.

Normalmente, ocorre da empresa de pequeno e médio porte publicar o link do site apenas quando há uma nova postagem no blog. No entanto, não precisa ser sempre assim. Qualquer que seja o tipo de post, deixe o link do seu site.

10 – Utilize ferramentas que automatizem os processos

Devido à necessidade de otimizar tempo e trabalho em meio a diversas atividades que uma pequena e média empresa possui, existem plataformas que automatizem os processos.

Você deve se apropriar dessas ferramentas para que as publicações nas mídias sociais possam ser engajadas e integradas. Há softwares que fazem isso de forma instantânea, isto é, publicam, ao mesmo tempo, no Facebook, Instagram, Google+.

E você, como faz para administrar as redes sociais da sua empresa? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

am_cta_ebook04_caracteristicaslider