8 dicas de como estabelecer metas realmente efetivas para sua carreira!

Tem momentos na vida em que parece que você está perdido, sem saber exatamente para onde sua carreira vai. Isso acontece porque raramente pensamos sobre o que queremos para os próximos 5, 10, 20 anos. Apenas ligamos o piloto automático e vamos resolvendo as coisas conforme elas acontecem.

E se isso pudesse ser diferente? E se você soubesse como estabelecer metas realmente efetivas para sua carreira? Certamente o caminho para o sucesso seria bem mais curto, não acha? Então que tal aprender a planejar sua carreira a partir de agora? Confira algumas dicas:

Tome as rédeas da sua carreira

Até o momento foi a necessidade quem ditou seus caminhos profissionais? Você aceitou o primeiro emprego que apareceu, mudou de empresa por um aumento salarial, mas ainda assim sente que não é o que você queria? Então tome as rédeas da sua carreira agora mesmo!

Comprometa-se consigo mesmo e não culpe os outros pelas suas decisões anteriores. Também não se sinta culpado por elas, afinal, você aprendeu muito com suas experiências. Mas, se o momento é de transformação, você precisa aprender com o passado e olhar para o futuro com olhos de quem constrói, não de quem é construído pelas oportunidades.

Defina seus objetivos

Onde você quer estar daqui a 5 anos? Qual é o cargo que você quer ocupar? Qual é a média salarial que você deseja ganhar? Definir seus objetivos profissionais vai ajudar a entender como estabelecer suas metas de carreira, bem como avaliar o que precisa ser feito para chegar lá.

Lembre-se de que os objetivos são específicos, como “ser gerente de vendas”, “conquistar uma promoção” ou “ter meu próprio negócio”. As metas dizem como e em quanto tempo você vai chegar ao seu objetivo, por isso devem ser atingíveis e mensuráveis. Por exemplo: conquistar uma promoção em 6 meses.

Faça uma autoavaliação

Quando uma empresa quer ganhar competitividade, ingressar em um novo mercado ou ampliar seu portfólio de soluções, ela faz uma análise SWOT, isto é, lista suas forças e fraquezas, bem como as oportunidades e ameaças do mercado.

Faça isso com você mesmo, construa uma análise SWOT profissional:

  • Quais são suas melhores competências?
  • O que você precisa melhorar?
  • Como anda o seu mercado?
  • Você tem conseguido manter sua empregabilidade?

Ao concluir essa autoavaliação, você terá um bom direcionamento para começar a estabelecer suas metas de carreira e preparar seu plano de ação. Faça sua análise SWOT periodicamente para conhecer as mudanças da sua carreira e continuar aprimorando suas competências.

Inspire-se em profissionais de sucesso

Muitas vezes temos aqueles profissionais que são referência para nossas carreiras. Investigar como esses profissionais se desenvolveram, quais foram os passos dados, que tipo de formação acadêmica buscaram e como se mantêm atualizados profissionalmente é uma boa forma de se inspirar e criar o seu plano de carreira.

Se você tiver oportunidade, conecte-se a esses profissionais por meio das redes sociais, acompanhe seus feitos, troque ideias, converse, peça conselhos. Profissionais experientes gostam de contar suas histórias de sucesso, bem como as de fracasso, e inspirar jovens a buscarem novas oportunidades.

Crie um plano de carreira

Se na sua análise SWOT você identificar que precisa aprimorar seus conhecimentos em vendas, por exemplo, você pode colocar como ação fazer uma pós-graduação em marketing e vendas. O plano de carreira é uma lista de atividades que permitirão que você atinja suas metas com mais eficiência e eficácia, economizando tempo, dinheiro e energia.

Ele é o roteiro que você deverá seguir para alcançar aquilo que deseja profissionalmente, entretanto, não é estático. As circunstâncias podem fazer com que você mude de objetivos e, consequentemente, de metas. Por isso, não fique preso ao seu plano de carreira por capricho.

Existem muitos profissionais que sonham a vida inteira em serem CEOs de uma grande empresa, mas, quando estão lá, percebem que não é isso que os faz felizes. Dê a si mesmo a liberdade de mudar o rumo sempre que achar necessário ou que seus objetivos de carreira mudem.

Deixe seu planejamento sempre à vista

Você passa um longo tempo pesquisando sobre como estabelecer metas efetivas para sua carreira, cria seu plano de ação e, então, coloca tudo em uma gaveta, esperando que seu cérebro tenha internalizado todos os seus sonhos e desejos. Será que isso vai te ajudar?

Provavelmente você perderá o foco nos seus objetivos, esquecerá dos prazos para atingir suas metas e colocará sua carreira em risco. Sendo assim, deixe seu plano de carreira sempre à vista, podendo ser por meio de uma check list, um mapa mental ou um infográfico, para facilitar a visualização.

Monitore seus resultados

Engavetar seu plano de carreira é tão efetivo quanto não mensurar os resultados dos seus esforços. Se você tem uma meta, uma métrica e um prazo, utilize esses dados para acompanhar sua performance.

Se você pretende chegar a gerente de vendas em 6 meses, crie uma linha do tempo e acompanhe quanto falta para chegar lá:

  • Você cumpriu todas as atividades listadas no plano de carreira?
  • Está seguindo seu planejamento à risca?
  • Houve algum desvio do caminho original?

Faça os ajustes necessários e continue a trilhar seu caminho de sucesso. Monitorar os resultados é uma forma de se automotivar e continuar crescendo profissionalmente.

Registre suas conquistas

Criar marcos para celebrar suas conquistas é uma prática que eleva sua percepção de valor sobre seus esforços para crescer profissionalmente. Por exemplo: se você tinha como meta obter fluência em outro idioma em 2 anos e atingiu essa meta em menos tempo, celebre e registre o momento.

Crie um mural de conquistas e deixe-o também à vista para que você se motive a continuar no mesmo caminho. Ele ajudará a não esquecer o quanto você aprendeu e se desenvolveu ao longo do tempo.

Algumas redes sociais, como Instagram e Pinterest, podem te ajudar a registrar esses momentos e compartilhá-los com seus amigos e seguidores.

Agora que você já aprendeu como estabelecer metas realmente efetivas para sua carreira, que tal entender a importância das soft skills no mercado de trabalho? Elas são tão importantes quanto as competências técnicas e podem fazer parte das suas metas!