Navigation

Ambra Global
Ambra Global: África

 


Hoje damos início a uma nova categoria aqui no blog: a Ambra Global vai tratar de assuntos sobre países e pessoas que falam a língua portuguesa – o ponto comum entre os estudantes da Ambra College já que não importa em que lugar do mundo você estuda. nossa faculdade tem o intuito de democratizar o acesso ao ensino por meio da Internet.

Portugal, Ilha da Madeira, Arquipélago dos Açores, Brasil, Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe – são os países que tem o português como língua oficial.

Para inaugurar esta seção, vamos falar sobre a África?

O continente abrange os lusófanos (países que adotam o português como língua oficial) Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe ainda é visto com antigos preconceitos, mas atualmente – e cada vez mais – tem sido apontado como uma nova terra de oportunidades.

O consultor de empresas, Jonathan Berman, escreveu para Harvard um artigo que contém alguns dados que demonstram o crescimento africano. Há quem se espante em saber que na última década, a economia africana cresceu a 5,7% ao ano. A projeção mais recente do Fundo Monetário Internacional, o FMI, indica que a economia da África vai continuar a crescer, neste ano, a um índice de 5,4% – “significativamente maior do que o crescimento previsto para o Brasil, no mesmo período”.

Para aqueles que desejam saber se isso é o crescimento fora de uma base pequena, não é. A economia formal da África é de US $ 1,9 trilhão, um pouco maior que a da Índia, e tão grande quanto a da Rússia. E, depois de duas décadas lenta, agora está crescendo a mais de 5%.

Empresas milionárias

Berman aponta um fato curioso: ao entrevistar 30 dos principais investidores globais dos EUA, intermediários financeiros e especialistas em comércio, ele perguntou quantas empresas africanas eles achavam ter mais de US $ 100 milhões em receita anual. A resposta típica era entre 40 e 50. E surpreendentemente, a resposta correta indica que hoje são mais de 500 empresas que possuem esta receita. E mais: aproximadamente 150 empresas africanas têm receita anual de US $ 1 bilhão ou mais, de acordo com o documento Africa Report.

Isso mostra claramente a visão distorcida do mundo em relação à economia africana. Há exemplos bem-sucedidos de inovação por parte das empresas  mobile banking Safaricom ou o Naspers.

A fala de Berman resume o que podemos esperar da África:

[testimonial company=”consultor de empresas” author=”Jonathan Berman” image=””] “A África é um destino melhor para empresários e prestadores de serviços (como advogados) do que para turistas ávidos para ver de perto elefantes, rinocerontes, leões, tigres e hienas. Os animais africanos já renderam milhões à indústria do entretenimento. Mas hoje o continente é o lugar onde as firmas ávidas por crescimento sustentável querem estar.” [/testimonial]

am_cta_ebook01_autogerenciamento

Tags:

A equipe de Redação da Ambra é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.