Navigation

AMBRA College
aumento de salário
Histórias para refletir: aumento de salário

O que você vai ler é uma história real e, espero que você, assim como eu, possa tirar uma lição para sua vida.

Esta história tem como objetivo mostrar a importância dos seus resultados na sua promoção dentro da empresa e como seus conhecimentos podem lhe ajudar com isso. E também que um diploma é menos importante do que o conhecimento que seu curso lhe proporcionou, seja ele uma graduação, pós, MBA, Mestrado, Doutorado, entre outros.

O primeiro aumento de salário

Inicialmente, eu havia sido contratado para fazer a diagramação de catálogos técnicos. O trabalho basicamente consistia em organizar informações, imagens e outros aspectos técnicos e visuais nos catálogos de produtos.

Obviamente esta não era o trabalho que eu gostaria de passar o resto da vida fazendo, eu cursava administração e com certeza tinha como objetivo subir na minha carreira, mas com certeza não tinha a ilusão de sair do cargo de auxiliar para o cargo de gerente de uma hora para a outra. Antes precisava mostrar resultados.

A área de catálogos era limitada, o que eu precisava fazer era apenas garantir que não haveria retrabalho, pois isso gerava um custo desnecessário e indesejável para a empresa. Então o primeiro passo era garantir a qualidade do meu trabalho.

Primeiras ações

Feito isso, comecei a pensar em como me envolver mais com outros projetos do setor. Como contei anteriormente eu trabalhava em um setor de engenharia, onde diversos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação eram executados diariamente. A questão era como adentrar estas outras atividades sem parecer intrometido ou com conhecimento irrelevante para os projetos?

Neste ponto os conhecimentos adquiridos nas diversas disciplinas de administração começaram a me mostrar um caminho. Como comentei a empresa trabalhava com diversos projetos, porém os projetos internos eram os que apresentavam menor rigorosidade em relação aos controles financeiros, tanto na etapa de aprovação, quanto no controle.

Sem tentar abraçar o mundo, comecei sugerindo a importância de utilizar algum tipo de avaliação de viabilidade financeira e econômica dos projetos. Por ser um setor de engenharia, a viabilidade técnica já era suficientemente madura e em função do meu conhecimento limitado sobre o tema, não me intrometi neste assunto. Com o tempo ajudei o setor a desenvolver planilhas para ajudar na mensuração da viabilidade financeira dos projetos.

Também tínhamos um problema de organização de arquivos eletrônicos. Na época havia sido adquirido pelo setor, antes de eu entrar na empresa, um sistema informatizado de gestão de documentos (GED) que era subutilizado. Desta forma tínhamos um problema e a solução, mas pouco planejamento para implementar.

Resolvendo problemas

Com o tempo, ajudei a empresa a organizar melhor seus arquivos, nomenclaturas, sistema de pastas, backup de arquivos antigos, busca, etc. Foi um grande trabalho, mas acredito que foi um dos meus sucessos dentro da empresa, ajudar na organização da empresa e a utilizar o software adquirido de forma otimizada.

Na época tínhamos um projeto com a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), um órgão do governo que tem como objetivo financiar projetos inovadores dentro das empresas. A prestação de contas é um dos processos críticos nestes projetos, relatórios técnicos e financeiros devem atender diversas regras para garantir que as parcelas seguintes serão recebidas pela empresa para dar continuidade ao projeto.

Na época acabei ficando responsável por compilar e organizar todas as informações técnicas e financeiras dos projetos e documentos oficiais da Finep. Tivemos bastante trabalho, mas ao longo do projeto conseguimos aprovar os relatórios parciais e, no final do projeto, os relatórios finais. O atendimento a estes requisitos permitiu a empresa, nos anos seguintes, conseguir mais alguns financiamentos para outros projetos, e para mim, contou alguns pontos com meu gerente e outras pessoas da empresa que souberam do meu esforço para atender os requisitos da Finep.

Isso sem contar todo o trabalho que ainda fazia na parte de catálogos. Na época também reconstruí um manual interativo do zero, utilizando flash e um pouco de programação simples, mas que rendeu alguns elogios, principalmente por parte dos técnicos da área de vendas.

Esses e alguns outros foram alguns dos resultados que consegui alcançar dentro da empresa, agora vamos ver os resultados.

Valorize os seus sucessos

Você pode trabalhar por outros 10 funcionários, mas vamos ser sinceros, embora você possa receber diversos elogios ao longo de sua vida na empresa, raras serão as vezes que a empresa irá tomar a frente, seja no papel do seu superior ou outro líder da organização, e lhe propor uma promoção, aumento de salário ou outro benefício.

Desta forma torna-se seu papel mostrar resultados, tornar-se um recurso de valor para a empresa para finalmente pedir algo. Mas como saber se você é um recurso valioso dentro da organização? Eu não tinha a ilusão de que era indispensável, afinal de contas as empresas vão continuar existindo sem nós. Mas quando você se torna uma pessoa a que todos pedem ajuda e conselhos sobre determinados temas, pode começar a considerar a possibilidade de ser um recurso valioso para o setor ou para a organização.

No meu caso não foi diferente, depois de realizar diversas conquistas, me tornar responsável por diversas atividades e ter a certeza que era um recurso valioso para a organização é que segui para o próximo passo.

Fazer o pedido

A forma de fazer esta solicitação pode variar bastante dependendo da organização, das suas atividades, de como você se relaciona com seus superiores entre outros fatores. No meu caso lembro de ter escrito um e-mail detalhando as diversas atividades e os resultados que havia alcançado durante os 3 anos que estava na empresa. No final do e-mail solicitei para conversar com meu gerente sobre estas atividades, inclusive solicitando ajuda para priorizar algumas delas, para não deixar que algumas fossem deixadas de lado.

Eu escrevi este e-mail pois sabia que era uma das formas de melhor me comunicar com meu superior, mas cada um terá que descobrir a melhor forma. Este método ajuda a registrar mais facilmente tudo que precisa ser lembrado, sem contar com nossas falhas de memória.

Após conversar com meu gerente sobre as novas atividades que vinha desempenhando dentro da empresa e que estavam auxiliando a organização a alcançar melhores resultados, solicitei um aumento de salário, mas deixei por conta dele e da empresa decidir o percentual justo.

O grande momento

Meu gerente disse que achava justo, mas precisava conversar com seu superior. Foi neste ponto que o e-mail também serviu para lembrar meu gerente do que precisava ser passado ao seu superior. Além disso, como uma das atividades que eu desempenhava era acompanhar o orçamento anual do setor, já havia realizado os cálculos do impacto do aumento do meu salário neste orçamento, para garantir que ele não iria estourar no final do ano.

Após a conversa com seu superior, o meu gerente me deu a notícia que eu receberia um aumento de salário de 30%, o que para mim foi uma grande surpresa e felicidade. Não se iluda, esse caminho não foi curto, não pense que vai conseguir este tipo de negociação no seu primeiro ano, para mim isso ocorreu após 3 anos trabalhando na empresa, mas foi gratificante.

Dica

Embora umas das estratégias bastante utilizadas por diversas pessoas seja a de fazer algum tipo de “ameaça” de ter recebido uma proposta de trabalho com salário melhor ou um cargo maior em outra empresa, eu particularmente não acho esta uma boa estratégia. Se você não conseguir demonstrar que tem valor para a empresa, esta tática pode não surtir efeito nenhum, e você pode não querer sair da empresa ou a outra empresa pode não contratar você. Além disso essa “ameaça” irá colocar você em cheque, então, muito cuidado se for pedir um aumento de salário dessa forma.

O que vem a seguir?

Para mim esta foi uma grande conquista, fruto da dedicação que tive com a empresa, com meus colegas e com meu gerente. Sei que em alguns lugares pode não haver espaço para crescimento profissional, mas se você se tornar alguém importante para a empresa, ao invés de fazer com alguns colegas e ficar reclamando, tente ser parte da solução e não parte do problema. A partir daí é continuar se dedicando, assumindo novas atividades, criando resultados e mostrando eles para seus superiores.

Fato curioso

Outro fato interessante é que dois anos depois de conseguir aumento de salário, eu estava concluindo minha graduação em administração e decidi que isso valia alguma coisa. Esse foi um grande erro, ao invés de focar nos resultados, coloquei todas as minhas forças no fato de estar concluindo o curso.

Consegui argumentar alguns benefícios, porém eles não foram levados em consideração como eu esperava e acabei conseguindo um aumento de apenas 15%. Hoje percebo que o erro foi meu. Eu não consegui mostrar resultados melhores nestes 2 anos do que nos 3 anos iniciais.

Para mim foi uma grande prova de que mais importante que o diploma é o que eu faço com o conhecimento que adquiro em meus estudos. Se estes conhecimentos adquiridos trazem resultados para a empresa, então são valiosos, se não trazem, tudo não passa de um pedaço de papel. Muito caro por sinal.

Obrigado por chegar até aqui

Para alguns, essa história pode ser banal ou irrelevante, cada contexto apresenta características diferentes. Mas se me permite deixar um conselho sobre esta história, recomendo que leve com você aquilo que faz sentido para sua vida.

No Brasil vemos uma tendência de as pessoas acharem que a graduação, o MBA, ou outros cursos é que irão possibilitar as pessoas chegar no cargo que querem, com o salário alto ou sendo o dono do seu negócio. Elas esquecem que é o conhecimento que adquirem em um curso e o que fazem com ele que irá definir o seu futuro. Este caminho não é curto e não é fácil. Você tem a resiliência para segui-lo?

Esta foi uma história de acerto e erro, e para mim de grande aprendizado. Quanto a você, acho que podemos questionar, como você está utilizando o conhecimento que adquire para alavancar sua carreira, quais resultados tem conseguido demonstrar?

Precisando de ajuda com sua carreira, temos uma consultoria de carreira que pode lhe ajudar. E não esqueça de compartilhar suas experiências nos comentários abaixo, me conte a sua história de sucesso ou fracasso, todos temos várias, mas mais importante é o quanto aprendemos com elas.

Um grande abraço!

am_cta_ebook05_carreirasucesso

Sou mestre em Administração pela UNISINOS e graduado em Administração de Empresas, na linha de formação Empreendedorismo e Inovação. Atualmente, atuo como professor e pesquisador e tenho amplo conhecimento na gestão de projetos, análise de mercado, pesquisa, desenvolvimento e inovação. Meu conhecimento abrange práticas para solução de problemas por meio do método científico, gestão de projetos, gestão do conhecimento, inovação, inteligência competitiva e tecnológica.