Administração
brand marketing
O que brand marketing tem a ver com o sucesso da sua empresa?

Você, certamente, já percebeu que algumas marcas são muito mais fortes do que outras, mesmo que ofereçam o mesmo produto ou serviço, certo?

 Nesses casos, os clientes escolhem o que querem sem nem ao menos olhar as outras opções ou comparar preços, de maneira automática. Quando falamos a respeito de produtos, algumas marcas específicas saltam em nossos pensamentos, por exemplo: marcas de refrigerantes, celulares, etc.

Mas você sabe o porquê isso acontece? As empresas que se destacam instantaneamente em nossas escolhas fazem um ótimo trabalho de brand marketing.

No artigo de hoje, falaremos sobre o que o brand marketing tem a ver com o sucesso da sua empresa. Vamos lá?

O que é marca?

Primeiramente, é importante entendermos o conceito de marca. A definição vai muito além do logo ou do nome da organização; é tudo aquilo que a empresa representa na mente do cliente.

Marca é a maneira como os consumidores percebem o seu negócio e todas as sensações e ideias transmitidas a eles. O conceito de marca engloba todos os aspectos tangíveis e intangíveis representados por meio das manifestações da sua empresa, como logo, música, mascote, etc. Essa percepção contribui para a identificação e preferência na hora da compra.

O que é branding?

O branding é a gestão da marca, ou seja, todo o esforço realizado para que a sua empresa se torne mais conhecida pelos consumidores. As estratégias de branding auxiliam na criação da marca e determinam as ações a serem tomadas para que a imagem desejada pela empresa seja a mesma que os consumidores vão desenvolver sobre ela.

A percepção que o cliente tem da sua marca é fator determinante para a tomada de decisão de compra, logo, o branding é a certificação de que a sua empresa está comunicando os valores corretos aos seus consumidores.

Assim, branding não é sinônimo de marca, como muitas pessoas pensam. A marca auxilia na identificação e qualificação de uma empresa, enquanto o branding é as estratégias da empresa para a formação da identidade e imagem de sua marca no mercado.

Como a sua empresa terá sucesso através do brand marketing?

1. As pessoas compram pela imagem que a marca passa

O processo de compra vai muito além da comparação de preços. O brand marketing estimula estratégias que conquistam os clientes por meio do seu lado emocional.

De acordo com Simon Sinek, as pessoas não compram o que você faz, mas o porquê você faz. Ou seja, o brand marketing permite que os clientes criem uma ligação com a marca de forma que eles fiquem dispostos a mostrar para outras pessoas como se sentem.

O processo é bem mais abrangente do que, simplesmente, adquirir um produto: as pessoas escolhem e compram a personalidade, os motivos e o posicionamento da marca.

2. Com um bom branding, com o tempo, você terá menos custos para vender

Isso porque o brand marketing proporciona uma redução no custo de aquisição do cliente (CAC). Os investimentos necessários na aquisição de novos clientes irão diminuir, aumentando a sua lucratividade.

Oferecendo um produto de qualidade que inspira confiança à sua marca, você atrai os clientes certos com os quais estabelecerá uma relação duradoura, e que irão disseminar os benefícios da compra com novos clientes, reduzindo os custos relacionados ao seu processo de vendas.

Os consumidores são a melhor e a mais barata maneira de fazer propaganda. Quando satisfeitos e leais a uma marca, eles costumam expor essa preferência, e as manifestações espontâneas e verdadeiras atraem novos clientes – a propaganda boca a boca constitui um poderoso canal de vendas.

3. O bom branding fortalece até a relação entre colaboradores e empresa

O brand marketing também ajuda as empresas a surpreenderem e encantarem candidatos, atraindo os maiores talentos do mercado.

Além disso, ele fornece motivos para que os colaboradores continuem vendendo a imagem da empresa, fortalecendo a relação de trabalho por meio de engajamento, valorização e alinhamento de objetivos.

Cada colaborador deve acreditar na marca para a qual trabalha. A empresa torna-se tão atraente que os funcionários sentem orgulho por fazer parte dela, e exteriorizam para seus amigos, familiares e conhecidos como eles a admiram e estão satisfeitos em trabalharem nela.

Estimular o comportamento positivo e o bom atendimento entre setores dentro da sua empresa faz com que o seu cliente perceba que essas atitudes são parte da essência do seu negócio.

4. O brand marketing ajuda a criar vantagem competitiva

O brand marketing cria uma ligação entre a empresa e os consumidores. São laços duradouros que acarretam em uma grande vantagem competitiva sobre a concorrência.

Mesmo quando a empresa está estável, ela se destaca das demais e não precisa “correr atrás” de clientes, pois já alcançou um patamar de confiança tão grande que eles são leais e irão espontaneamente “atrás dela”.

Criando uma imagem que aproxime os seus clientes, uma personalidade que ninguém mais no seu mercado possua e um posicionamento bem definido, você terá verdadeiros defensores e porta-vozes da sua marca!

E tendo uma marca forte no mercado, é possível criar barreiras na concorrência, impedindo que os seus competidores ganhem mais espaço.

5. Aumenta o valor agregado do produto/serviço

Um dos principais objetivos no mundo dos negócios é obter lucro e gerar um crescimento constante. Com estratégias de brand marketing bem estruturadas, isso torna-se possível e viável.

A força que uma marca obtém por intermédio do brand marketing torna o seu produto/serviço mais valioso. O valor de uma marca é algo, também, abstrato, já que a sua análise depende, entre outros fatores, da percepção dos consumidores.

Nick Graham, um designer de moda americano, diz que “a marca é o parque de diversões. O produto é o souvenir. Quanto mais valioso for o souvenir, mais valioso será o parque de diversões. E quanto mais valioso for o parque de diversões, mais valioso será o souvenir. ”

Então, brand marketing é para qualquer empresa?

O branding, hoje, é um dos principais desafios da gestão empresarial. Vivemos um momento em que os clientes têm muitas opções de consumo e pouco tempo para defini-lo. Nesse contexto, o consumidor, frequentemente, percebe os produtos ou serviços oferecidos como muito similares, não conseguindo diferenciá-los.

Em um mercado cada vez mais saturado, globalizado e conectado, essa falta de diferenciação pode ser fatal para os negócios. Aqui, entra o papel fundamental do branding. Quando as organizações fazem branding, elas conseguem colocar sua marca na mente do cliente, desenvolvendo uma diferenciação  entre seus produtos/serviços e o dos  concorrentes, o que faz com que a empresa seja lembrada por seu público, ajudando, naturalmente, a fechar mais vendas e a aumentar a participação de mercado.

Diante disso, podemos afirmar que o branding é, sim, para qualquer empresa que queira crescer, vender mais, reduzir seus custos de captação de clientes e garantir sua sustentabilidade futura no mercado.

Como fazer brand marketing para alcançar os melhores resultados?

O brand marketing não segue regras ou se encaixa em modelos já estabelecidos e que podem ser replicados genericamente para a gestão de marcas de outras empresas. Ele é regido pelo comportamento humano, que sabemos o quanto é imprevisível. Apesar disso, podemos elencar alguns elementos que são necessários para que o brand marketing seja colocado em prática. Confira!

#1 Propósito

Para que o brand marketing funcione, é fundamental ter uma visão crítica a respeito do mercado e ser dinâmico para oferecer produtos inovadores e propor o inesperado. O motivo da existência da sua marca deve estar alinhado a esse objetivo, e você deve garantir que o seu cliente saiba qual é o seu produto ou serviço.

#2 Posicionamento

O posicionamento da marca diz respeito à percepção externa, ou seja, como os consumidores e concorrentes irão ver e sentir o seu negócio. Conhecer o seu público-alvo vai permitir que você determine a identidade e a linguagem utilizada pelo seu negócio e garantir que a sua marca “converse” com o cliente, por meio das ações, do conteúdo e, até mesmo, do slogan da sua empresa.

#3 Identidade

No brand marketing, a definição da identidade diz respeito ao processo criativo e aos sinais visuais e comportamentais que constroem a imagem do negócio, e que irão constar em todo o processo comunicativo – por exemplo, a paleta de cores utilizada nos seus materiais, o logo da empresa, etc. É a identidade que faz com que os clientes, ao verem uma maçã, instintivamente a associem com a Apple, por exemplo.

#4 Proposta de valor

É a relevância da marca. Sabemos o quanto o mercado está competitivo, repleto de opções e com informações em excesso. E existe mais um agravante: os clientes possuem pouco tempo para escolher.

A proposta de valor é o diferencial das empresas; é por intermédio dela que os consumidores se tornam leais e que a confiança no mercado aumenta.

Uma marca relevante pode, inclusive, levar o cliente a mudar o seu comportamento. Estabeleça qual será o diferencial da sua empresa e que sentimentos você pretende transmitir aos clientes através da experiência de compra como um todo.

#5 Branding interno

Para ter sucesso na sua empresa com o brand marketing, você deve implementar ações como essas, primeiramente, de dentro para fora, isto é, envolver o funcionário para que ele seja um propulsor desse movimento para o público externo (seu cliente). Dessa forma, as estratégias serão absorvidas pelos colaboradores, que irão fortalecer a sua marca e potencializar as experiências de seu consumidor.

Wally Olins, especialista em branding, afirma que o processo se resume a “persuadir os de fora a comprar e persuadir os de dentro a acreditar”.

O brand marketing abrange todas as ações que estão relacionadas à gestão de marca, utilizadas para atrair o interesse e a confiança dos clientes e obter um posicionamento de mercado superior. As empresas que alcançam esse patamar são constituídas por profissionais que acreditam na identidade e na marca do negócio, tornando-a ainda mais forte. Assim, a imagem da empresa garante um lugar de destaque na lembrança e na preferência dos clientes, o que ajuda a captar mais consumidores e a mantê-los fiéis e advogados de sua marca.

E na sua empresa, quais são os diferenciais competitivos que fazem a sua marca ser mais forte?  Em quais outros diferencias a sua empresa deveria investir? Você já utiliza o brand marketing? Compartilhe conosco suas dúvidas e experiências, deixe um comentário!

am_cta_ebook06_gestaoempresarial

Engenheiro por formação e educador por paixão. Tenho a educação como paixão pessoal e profissional, por gostar de estar sempre ensinando e aprendendo. Estou sempre disposto a ouvir pontos de vistas e argumentar sobre diversos assuntos. Como hobbies, gosto de jogar poker e conversar sobre investimento e finanças pessoais.