Como fazer networking em eventos corretamente e ganhar clientes?

como fazer networking em eventos

Já quase não é preciso dizer a importância de ter um bom relacionamento pessoal e profissional para seu cargo e para sua empresa. E em um momento em que o segmento de eventos consolida-se, apresentando cerca de 590.000 eventos sendo realizados anualmente no país, nas mais diversas áreas, eles tornam-se locais favoráveis por excelência para a realização de networking.

Assim, o networking em eventos é um recurso que qualquer profissional pode usar para gerar negócios e oportunidades. Mas você sabe como fazer networking em eventos corretamente para ganhar clientes?

Para ajudá-lo nisso, confira as nossas dicas a seguir!

Definindo networking

Você até pode pensar que esta palavra está banalizada, mas conhecer seu significado e como utilizá-la pode fazer diferença. Networking indica a capacidade de estabelecer uma rede de contatos ou uma conexão com algo ou com alguém. Essa rede é um sistema no qual existe a partilha de serviços e informações entre indivíduos ou grupos que têm um interesse em comum.

E, então, agora você pode estar se perguntando para que fazer networking em eventos? A verdade é que essa prática oferece diversos benefícios. Conforme um estudo, quase 100% das pessoas afirmam que esses encontros presenciais são essenciais para o desenvolvimento de relações de negócios de longo prazo.

Ainda, existe um dito chinês que ajuda a resumir o motivo: “se você quer um ano de prosperidade, cultive trigo. Se você quer dez anos de prosperidade cultive árvores. Se você quer cem anos de prosperidade, cultive pessoas”.

Mas, afinal, como fazer networking em eventos?

Primeiro passo para aprender como fazer networking em eventos

Quando ouvimos falar em relacionamento interpessoal, automaticamente lembramos do relacionamento entre pessoas, e isso, claro, está correto. Mas para existir esse bom relacionamento, primeiramente precisa haver o relacionamento consigo mesmo. Pense: qual é a chance de me dar bem com alguém se não estou bem comigo mesmo?

Por isso, ao sair de casa sempre lembre-se do quão competente é por estar no lugar onde está e do quão querido e importante está sendo por ser convidado para um evento, seja ele corporativo ou não. Essa dose de confiança lhe dará segurança para conversar sobre seus negócios com outras pessoas.

Como fazer networking em eventos: dicas de como se portar

Então, vamos ao que interessa: agora que você já tem uma base sobre a importância e o que deve fazer, vamos ver como fazer networking em eventos funciona na prática.

1. Prepare-se antes do evento

Saiba o que você vai fazer lá, quem estará no evento que pode ser importante para você ou sua empresa, os principais players de mercado que possivelmente podem ser encontrados e em quais momentos você deve iniciar um primeiro contato. O ideal é focar em conhecer as pessoas que tenham algo a ver com seu negócio.

2. Esteja bem informado

Entenda como a sua empresa ou o seu serviço pode ser interessante para o perfil de público que estará presente no evento. Tente criar um discurso curto para quando alguém perguntar o que você faz.

Atualize-se sobre as novas tendências que eventualmente poderão ser pautas para conversas e informe-se sobre fusões e lançamentos de produtos e serviços.

3. Esqueça seu celular

Ficar no telefone o tempo todo pode ser um grande desperdício de tempo e investimento. Além do mais, as pessoas que estão ao seu redor ficarão receosas de chegarem até você.

Você certamente quer ficar atento às possíveis demandas que podem surgir da sua empresa e de seus clientes atuais, mas reserve poucos momentos para se afastar e conferir se há algo urgente que só pode ser resolvido com você. Lembre-se: celular no silencioso e não entre na bolha!

4. Planeje como abordar as pessoas

Se alguém der liberdade, apresente-se diretamente. Fale o seu nome e o de sua empresa e inicie o contato com um sorriso e um aperto de mão. Se aquele contato interessante já está conversando com outras pessoas, aproxime-se aos poucos.

Tente pegar um gancho no assunto e inicie uma conversa com todos os envolvidos. Se você estiver acompanhado de um colega ou amigo, isso também facilita a interação. Feita a apresentação e a troca de cartões, agora é a vez de fazer a conversa fluir.

5. Busque a atenção de um, não de todo mundo

Lembre-se de que fazer networking em eventos não é se autopromover para cada pessoa que você encontrar. Pense em seus objetivos e identifique quem seria a pessoa ideal para contribuir de alguma forma com você nesse momento e dê atenção a ela.

No entanto, você não pode pensar somente em você: analise também o que você tem a oferecer ao seu interlocutor, e não somente no que ele vai ajudá-lo. Essa é uma das melhores formas de como fazer networking em eventos.

6. Ofereça ajuda

Não se subestime. Mesmo que esteja na presença de profissionais mais experientes, você poderá ser útil para eles. Sempre que tiver oportunidade de contribuir de alguma forma, faça. Seja humilde e ofereça-se para ajudar no que você puder.

Uma ligação para um conhecido seu na área em que a outra pessoa atua, ou mesmo o envio de um artigo importante para a outra pessoa: essa é uma forma de se fazer presente e de ser lembrado, fazendo com que o networking tenha mais força para se manter ativo.

7. Demonstre sua apreciação

Você não precisa ser um bajulador para ser simpático. Ninguém gosta daquele puxa-saco que elogia tudo e todos de maneira artificial, mas todos gostam das pessoas que demonstram ser sinceramente gratas pelo seu tempo, conselho, indicação ou crítica construtiva.

Você vai ganhar pontos, por exemplo, ao se preocupar em escrever um e-mail gentil de agradecimento, mostrando de maneira educada de que forma a ajuda de alguém lhe foi útil. Ser atencioso e agradecido é uma forma elegante de ficar marcado e de ser lembrado.

8. Ouça com real interesse

Essa última dica é o conselho de ouro de como fazer networking em eventos. Não existe melhor maneira de causar uma boa impressão do que ouvindo atentamente. Prestando efetivamente atenção no que o outro está dizendo você poderá entender o que ele está colocando e de fazer perguntas coerente e inteligentes, elevando a conversa e o contato a outro patamar.

Dica extra de como fazer networking em eventos: mantendo o contato

É importante que, posteriormente, você lembre de quais pessoas estão associadas aos contatos que você fez e aos cartões que você recebeu. Liste todos os contatos e classifique-os por categorias como: parceiros, fornecedores, potenciais clientes, clientes, entre outros.

Relacione-se com eles, mande um e-mail de agradecimento pela conversa, agende aquela reunião que vocês haviam combinado, marque uma visita à empresa deles. Mas fique atento: respeite a sua base de contatos. Não envie mensagens desnecessárias e que não sejam importantes e gerem valor para ambas as partes. Afinal, fazer “networking forçado” é pior do que não fazê-lo.

Como é comum nesses eventos fazermos inúmeros contatos, uma dica é anotar nestes cartões uma característica, um hobby ou um comentário que a pessoa fez. Mencionar depois esses detalhes fará com que a pessoa se sinta especial e lembrada.

Por fim, vale lembrar de que manter contato com seus ex-clientes ou clientes inativos em eventos também pode ser uma estratégia poderosa para retomar negócios, não negligencie essa prática.

Seguindo essas dicas de como fazer networking em eventos, você estará pronto para conseguir apresentar seu serviço e empresa, extraindo o melhor do seu potencial, conhecendo contatos interessantes e, principalmente, extrairá resultados e ganhará clientes!

E então, gostou de nossas dicas de como fazer networking em eventos? Pronto para colocá-las em prática? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!