Navigation

Destaque
Como vencer a desmotivação enquanto estiver estudando para concursos

Se você está estudando para concursos públicos ou tem esse sonho mas se sente desmotivado quando percebe o tamanho do desafio que tem pela frente, acalme-se. Trata-se de algo perfeitamente normal, pois muitos juízes, promotores e delegados já passaram por esse momento de desânimo.

Baseado em matéria do portal Exame, vamos esclarecer para os leitores do blog da Ambra quais são os principais motivos de desmotivação de concurseiros. E o melhor, traremos possíveis soluções para você seguir na luta e conquistar seu objetivo. Os conselhos são dos professores Rogério Sanches e William Douglas:

 

– Não se lembrar do que estudou – Nossa memória sempre nos prega peças. Às vezes estudamos muito para uma prova e nos sentimos preparados. No dia seguinte, ao tentar relembrar o conteúdo, vem o fracasso e depois o desânimo.

Dica: Precisamos entender que somos seres humanos e não máquinas. É normal esquecer alguns pontos. Nesse caso, você deve manter a concentração durante o estudo, usar técnicas de memorização e repetir mais vezes o estudo do mesmo conteúdo.

 

Reprovação direta – Você deu o melhor de si e não conseguiu passar nem da segunda fase do concurso. Você fica desmotivado e começa a pensar que realmente não conseguirá nunca vencer esse desafio.

Dica: Ser reprovado faz parte do processo e raramente um candidato passa de primeira em um concurso. É importante extrair o que há de positivo nesta situação, como identificar seus pontos fracos e as causas da reprovação, para não cometer os mesmos erros no próximo concurso.

 

Reprovação por pouquíssimos pontos – Você se preparou, estava confiante e seguro mas o resultado positivo não veio. E o pior, você ficou atrás do último aprovado por alguns míseros pontinhos. Só de pensar em começar tudo de novo você tem vontade de chorar.

Dica: Por mais difícil que seja, é hora de ter a consciência de que está no caminho certo. Você deve pensar que está na fila, quase lá, e que para conseguir na próxima tentativa precisa continuar fazendo tudo como já tem feito, seguindo o mesmo caminho.

 

– Fadiga – É absolutamente normal se sentir exaurido, cansado. Pressão pessoal e da família, concorrência alta, conteúdos enormes a serem estudados e horas sentado em frente aos livros causam forte cansaço mental, físico e psíquico.

Dica: Na hora de estudar, comece pela matéria mais chata e deixe aquela que mais gosta para depois. Assim você aproveita o pique para encarar o desafio da matéria que não é muito a sua praia, sabendo que, depois, poderá de dedicar ao assunto com o qual se identifica mais. Além disso, crie sistemas para se manter motivado. Vídeos e livros sobre o tema podem ajudar bastante. Por fim, entenda a importância de descansar, pois isso é fundamental para que você consiga manter o ritmo.

Para mais dicas para concurseiros, clique aqui.

A equipe de Redação da Ambra é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.