Navigation

Educação
estudantes
5 atitudes de estudantes que vão se tornar empresários de sucesso

Algumas características que os jovens carregam desde o período em que frequentam a escola são sinais de que eles podem se tornar empreendedores de sucesso no futuro.

Desde cedo é possível notar atitudes que diferenciam os estudantes: assumir responsabilidade pelo o que se faz, não procrastinar, ser resiliente, manter um bom relacionamento com os colegas e ter metas são algumas delas, que podem estar bastante evidentes ou ainda sendo desenvolvidas.  Continue lendo esse artigo para conhecer mais atitudes que demonstram que os estudantes podem se tornar bons líderes de negócios de sucesso.

Acabar a procrastinação com força de vontade

A procrastinação é o hábito que faz com que as pessoas deixem tarefas importantes para mais tarde. Muitos estudantes deixam as lições de casa para última hora, estudam para a prova só um dia antes ou terminam um trabalho na hora de entregar. Isso faz com que as tarefas sejam feitas de forma incompleta ou sem a revisão necessária. Estudantes ativos, que conseguem priorizar bem as atividades e fazê-las no tempo adequado têm mais chances de ser empresários de sucesso.

A procrastinação é, na verdade, uma mistura de fatores biológicos, emocionais e de experiências. Ou seja, o que pode estar causando-a é a pressão que o aluno sofre de pais e professores, a competição acirrada entre colegas ou até mesmo os altos objetivos impostos por si próprio.

Ter metas claras, não obsessões

Estudantes que traçam objetivos e são disciplinados o suficiente para cumpri-los têm grande chance de conquistar algo grande. Isso porque quem estabelece metas claras é objetivo, movido por desafios e não arranja desculpas para deixar de fazer algo.

É claro que há uma diferença entreter metas e não respeitar limites. Estudantes focados podem até esquecer de se alimentar, por exemplo, por estarem envolvidos em alguma atividade, mas não prejudicam a sua saúde por isso e sabem que uma pausa no meio dos estudos pode trazer mais produtividade para o trabalho que ainda deve ser feito.

Estudantes que se tornarão empreendedores têm boas noites de sono e buscam rotinas equilibradas, com a prática de esportes, por exemplo.

Suas metas são SMART, ou seja, são específicas (Specific), focadas em atividades claras e não genéricas e é possível medi-las (Measurable) e atingi-las (Attainable) a partir do estabelecimento de um prazo (Time based).

Praticar, diariamente, a resiliência

A resiliência é o que faz as pessoas retornarem ao seu estado normal após períodos de crise, stress ou turbulência na vida. Um aluno resiliente continua estudando para provas, mesmo após receber uma nota ruim de uma avaliação para a qual havia se dedicado muito. Outros hábitos e características desse perfil de aluno são:

  • Capacidade de adaptação a pessoas e Lugares
  • Convicção de que tudo vai dar certo
  • Trabalho duro
  • Controle emocional
  • Aprendizado com as experiências vividas
  • Relacionamentos verdadeiros e saudáveis
  • Intuição
  • Uso da criatividade
  • Busca pela melhora constante

Delegar atividades e estudar apenas o necessário

Futuros empreendedores já mostram na escola que têm capacidade de liderar equipes. Durante os trabalhos em grupo, são eles que dividem as tarefas e verificam o que cada pessoa poderá fazer melhor.

Eles fazem o que ficou como sua responsabilidade da melhor forma possível e esperam que os outros ajam da mesma forma. Quando encontram colegas com dificuldades, se oferecem para ajudar, mas não assumem sua parte do trabalho, pois acreditam que cada um deve contribuir com o resultado final.

Praticar o coleguismo

Estudantes que vão se tornar empreendedores de sucesso já investem em networking desde cedo, mesmo não sabendo no que isso irá ajudar no futuro. Eles lidam bem com as pessoas e mantêm um bom relacionamento com a maior parte dos colegas, e até mesmo com pessoas de outras turmas. São pacientes e sabem como pedir favores a outras pessoas.

Apesar de não necessariamente serem os melhores em sala de aula, pois ao invés de estudar passaram algum tempo pesquisando coisas que não aprenderiam na escola, eles costumam conquistar o coração dos professores.

As atitudes que as pessoas têm desde o período escolar e na universidade revelam o quanto elas estão preparadas para se tornar líderes dos seus negócios. Os perfis que não possuem essas características podem ser bem-sucedidos como empreendedores, mas precisam desenvolver habilidades que já podem ser natas para outros indivíduos, como a organização de tarefas e criação de hábitos contra a procrastinação.

Gostou desse artigo? Você adicionaria mais alguma habilidade essencial para líderes de sucesso que são possíveis de serem notadas em sala de aula? Conte para a gente nos comentários!

am_cta_ebook01_autogerenciamento

A equipe de Redação da Ambra é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.