Faculdade de Direito

A faculdade de direito é uma das mais desejadas alternativas de ensino superior pelos brasileiros e nesse texto você terá muito conteúdo sobre:

  1. Faculdade de Direito
  2. As melhores faculdades de direito
  3. O título de bacharel em direito
  4. Áreas do direito
  5. Habilidades do estudante de direito
  6. Pós-Graduação em direito
  7. Preço de faculdade de direito
  8. Matérias do curso de direito
  9. Existe faculdade de direito online
  10. O Exame da OAB

Ao longo do texto, você saberá tudo sobre o curso de direito.

Cursos de Graduação em Direito no Brasil

A faculdade de direito é uma das alternativas de ensino superior superior mais desejadas no Brasil. Hoje, existem no Brasil mais de 1 mil faculdades de direito.

Infelizmente, a quantidade de instituições não atende a todos os mais de 5 mil municípios do país deixando a maioria da população de cidades pequenas sem ter uma alternativa brasileira para fazer uma faculdade de direito.

Atualmente, as faculdades de direito no Brasil, principalmente as melhores, estão concentradas em poucos municípios.

As cidades com a maior concentração de instituições que ofertam curso de graduação em direito são:

  1. Belo Horizonte
  2. Brasília
  3. Curitiba
  4. Porto Alegre
  5. Recife
  6. Rio de Janeiro
  7. São Paulo

O mapa instituições que ofertam curso de direito no Brasil

Veja a lista de todas as instituições que tiveram egressos inscritos no exame da OAB em 2016. Enfim, é uma estimativa razoável de quase todas as instituições de ensino superior que ofertam bacharelado em direito.

As melhores faculdades de direito

Algumas das melhores faculdades de direito estão em universidades públicas no Brasil. Usando critérios de aprovação na OAB, os melhores cursos de direito em universidades públicas são:

Faculdade de Direito do Largo do São Francisco – USP
Faculdade de direito da Universidade de Brasília
Faculdade Nacional de Direito – UFRJ
Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná
Faculdade de Direito da UERJ

Obviamente, existem excelente alternativas entre as instituições de ensino privadas do Brasil. Segue uma lista das melhores IES privadas do país em termos de aprovação no exame de ordem:

  1. Faculdade de Direito de Vitória – Vitória – ES
  2. UniCeub – Brasília – DF
  3. Escola de Direito de São Paulo da FGV – São Paulo – SP
  4. Pontifícia Universidade Católica – PUC-SP – São Paulo – SP
  5. Pontifícia Universidade Católica – PUC-RJ – Rio de Janeiro – RJ
  6. Pontifícia Universidade Católica – PUC-MG – Belo Horizonte – MG
  7. Pontifícia Universidade Católica – PUC-RS – Porto Alegre – RS
  8. Universidade Presbiteriana Mackenzie – São Paulo – SP

Veja também outros sites comparativos de bons cursos de graduação em direito:

1. OAB Recomenda
2. Ranking Universitário Folha
3. Lista Folha mostrando as melhores faculdades de direito segundo a OAB

Qual é o preço de faculdade de direito

Existe faculdades de diversos patamares de investimento. Como eu já falei no texto sobre pizza e o ensino superior, o preço de serviços como educação possui uma grande faixa de variação, mas saiba que você leva pelo que paga.

No Brasil, existem cursos de direito de 500 reais e outros 4 mil. Buscando os melhores em instituições privadas, você verificará que os melhores cursos de direito custam em média 2 mil reais por mês.

Considerando o custo das públicas, o curso de direito também não custa menos de 2 mil reais em instituições públicas.

A diferença é que nas públicas o dinheiro é dos impostos e não há uma saída do bolso de quem estuda, mas o custo é no mesmo patamar das melhores instituições de ensino superior privadas do Brasil.

Eu não recomendo que você faça uma faculdade de baixo preço porque é mais provável que ela seja ruim e você estará investindo seu tempo e dinheiro para não ter o devido retorno do investimento.

Quando digo que você não terá retorno é porque você terá apenas um papel, o diploma, que é válido e necessário, mas apenas ele não gera resultado.

Você precisa ter uma boa formação, habilidades, conhecimentos e atitudes que somente as melhores instituições estão realmente interessadas em proporcionar a todos os seus alunos.

É possível ser uma exceção e ter uma boa formação numa faculdade ruim, sim é possível. No entanto, é pouco provável sendo melhor escolher uma boa instituição que te dará uma formação adequada e não apenas um diploma sem esforço.

O Título de bacharel em direito

Quem conclui o curso de direito se torna bacharel em direito ou bacharel em ciências jurídicas e sociais a depender da instituição e pode prestar concurso público ou fazer o exame da OAB.

O termo bacharel em direito é mais novo e o bacharel em ciências jurídicas sociais é mais utilizado em instituições de maior tempo no mercado.

O graduado em direito tem duas grandes atuações, a advocacia e o serviço público. Estude um pouco mais sobre o mundo da advocacia em nosso blog sobre escritórios de advocacia.

A atuação privada na áreas de consultoria ou advocacia é muito comum para quem estuda o mundo jurídico. A advocacia somente poderá ser exercida após a aprovação no Exame da OAB.

Como é o curso de Direito?

O curso de Direito se enquadra na área de humanas, tratando das normas regulamentadoras de todas as relações de trabalho na sociedade.

O profissional do Direito terá a capacidade de desempenhar o que aprendeu em seu curso nessas duas esferas: privada e pública.

Para bacharel em Direito, existem algumas carreiras bem procuradas, como a de juiz, defensor público, delegado, procurador e promotor. Outros cargos também são notáveis como o exercício de analista do tribunal.

Áreas do Direito

A maioria das pessoas é focada nas áreas tradicionais do direito como penal e civil, bem como as suas derivações. As áreas do direito são:

  1. Direito constitucional
  2. Direito administrativo
  3. Direito tributário
  4. Direito penal
  5. Direito processual civil
  6. Direito processual penal
  7. Direito econômico
  8. Direito civil
  9. Direito empresarial
  10. Direito trabalhista
  11. Direitos humanos
  12. Direito internacional
  13. Direito ambiental

Estrutura do curso de Direito

Caso você se interesse pelo curso de direito, então, deverá estar preparado para estudar em um período de 5 anos. Caso a instituição tenha uma grade aberta você pode estudar com mais flexibilidade e concluir o curso em mais tempo.

Dentre as disciplinas específicas, representando a área jurídica, convém destacar: direito penal, civil, administrativo, constitucional etc.

O curso também fornece aulas práticas para que o estudante se exponha à rotina de um advogado, começando, assim, a se familiarizar com esse ambiente.

Esse contato com a profissão, geralmente, ocorre mediante a prestação de serviços advocatícios para pessoas carentes de uma comunidade, que não possuem condições financeiras para arcar com consulta e contratação de um advogado.

Todas as práticas advocatícias simuladas e reais devem ser supervisionadas pala Instituição de ensino, e estas são importantes para o aprendizado.

Na verdade, existe uma confusão entre estágio profissional e estágio curricular.

O estágio profissional tem como objetivo ensinar o estudante a aprender a se portar em ambiente de trabalho, ou seja, a realizar um trabalho formalmente.

Esse é desenvolvido em empresa, órgão público ou escritório de advocacia para que a pessoa aprenda a trabalhar em sentido amplo de realizar uma atividade profissional em ambiente formal.

O estágio curricular tem como objetivo colocar em prática de forma segura e supervisionada os conhecimentos adquiridos ao longo do curso.

O estágio curricular não deve nem pode ser feito em empresa ou escritório de advocacia e sim na instituição de ensino superior.

Disciplinas ou Matérias do Curso de Direito

O termo pedagógico correto é componentes curriculares porque disciplinas ou matérias fazem sentido apenas aos componentes curriculares que são formados por conteúdos regulares com aulas e avaliações.

Sendo que existem componentes curriculares práticos, projetos e trabalho de conclusão que também compõem o currículo de um bom curso de graduação em direito brasileiro.

As materiais mais comuns no curso de direito são:

  1. Sociologia
  2. Antropologia
  3. Teoria geral do estado
  4. Ciência política
  5. Filosofia
  6. Economia
  7. Metodologia de pesquisa
  8. Filosofia do Direito
  9. Sociologia jurídica
  10. Psicologia jurídica
  11. Direito constitucional
  12. Direito administrativo
  13. Direito tributário
  14. Direito penal
  15. Teoria geral do processo
  16. Direito processual civil
  17. Direito processual penal
  18. Direito econômico
  19. Direito civil
  20. Direito empresarial
  21. Direito do trabalho
  22. Direitos humanos
  23. Direito internacional
  24. Direito internacional privado
  25. Direito internacional público
  26. Direito ambiental
  27. Direito agrário
  28. Arbitragem
  29. Mediação
  30. Métodos alternativos de resolução de conflitos

Por que estudar Direito?

Como vimos, o curso de Direito se mostra bastante promissor e com opções variadas para exercer atividade profissional em diferentes campos de atuação.

Se o seu sonho é exercer a profissão de advogado, juiz, promotor ou técnico judiciário em concurso público e demais cargos, a Ambra Collage oferece o curso de Direito com uma moderna estrutura de ensino e tecnologia para os estudos e aprendizagem.

Caso exerça essa profissão, você pode, também, lecionar em universidades, cursinhos pré-vestibulares, cursos técnicos e profissionalizantes, além de oferecer aulas particulares ou domiciliares.

Agora que você já sabe como está o mercado de trabalho nessa área, como funciona, sua estrutura e o que se espera desse profissional, vamos às razões pelas quais você deve estudar Direito e seguir essa carreira.

5 – Razões para estudar Direito

Está pensando em cursar Direito, mas ainda tem dúvida se realmente valerá a pena? Confira estes 5 motivos que faz desse curso um investimento rentável, apaixonante e com boas possibilidades de ganho para o mercado atual.

1 – Variadas opções de campos de atuação

Na sociedade, relacionamentos, conflitos, direitos e deveres fazem parte de uma rotina desde os primórdios.

Onde há pessoas que trocam relações, serviços e produtos, o Direito se torna necessário e viável no exercício ao que é justo e correto.

Em cada setor, seja no trabalho, trânsito, relação estável, tributação do governo etc., há normas e regulamentos que devem ser cumpridos por ambas as partes, tanto do cidadão como do empresário ou órgão público.

Ao escolher trabalhar com o Direito, as variedades de campos de atuação são enormes e você, dificilmente, vai se deparar com uma rotina.

2 – Mercado de trabalho muito amplo

Devido a variadas opções de campos de atuação, o mercado para essa atividade profissional se apresenta em grande amplitude, dando muitas oportunidades de emprego e ótimos salários.

Quanto mais o país cresce em números de população e empresas, mais há a necessidade de profissionais competentes na área do Direito. Essa é uma profissão sempre atuante e com alta demanda.

3 – Pode exercer a atividade como profissional liberal

A possibilidade de trabalhar como profissional liberal é um dos atrativos dessa profissão. Muitos candidatos ao curso de Direito pretendem deixar de lado a atividade assalariada, isto é, ser funcionário de uma empresa ou escritório de advocacia.

Você pode montar o seu próprioescritório de advocacia ou reunir um grupo de advogados associados. Desse modo, estará atuando como prestador de serviço para empresas.

Outra vantagem em ingressar no curso de direito é que essa profissão oferece horário flexível para trabalhar e salários atrativos.

4 – Prestar concurso público

Uma razão pela qual o curso de Direito é bastante vantajoso se refere à chance de prestar concurso público e conquistar um trabalho para a vida toda, ou seja, a estabilidade que tantos almejam.

Além disso, o horário de trabalho não sofre variações por ser bem definido, benefícios são concedidos para o exercício do cargo, e os salários assegurados.

Os melhores concursos públicos exigem formação na área jurídica. Dentre eles podem citar:

  1. Magistratura
  2. Procuradoria
  3. Promotoria
  4. Defensoria Pública
  5. Delegado de Polícia

Vários outros excelentes cargos públicos demandam conhecimento jurídico para aprovação e realização de atividades ainda que não exijam a formação em direito como requisito para assumir o cargo. Desse grupo, podemos destacar:

  1. Consultor legislativo;
  2. Analista legislativo;
  3. Ministro substituto de tribunal de contas;
  4. Auditor de tribunal de contas;
  5. Auditor da receita federal do Brasil;

Veja o depoimento do professor Meneguin sobre a importância de um estudo estruturado na área de direito para quem está em cargos de alto nível no serviço público.

5 – Agir em defesa da justiça e reduzir a desigualdade

O profissional do Direito tem como principal missão estar ao lado da justiça, da ordem e da boa moralidade diante de uma sociedade.

Assim, ele atuará em sua defesa, cumprimento de leis, normas, regulamentos e, ao mesmo tempo, reduzindo a desigualdade e corrupção.

É por isso que o Direito se faz essencial e imprescindível, ainda mais nos tempos atuais. Não há como deixar que infrações sejam abafadas, injustiças sejam feitas e o descumprimento de normas fiquem sem punições.

Por esse motivo, há o juramento na conclusão do curso de Direito, para que o ingressante na carreira possa ter a consciência de exercer o seu papel com responsabilidade e veemência.

Eu acredito que o direito é o melhor curso para ajudar outras pessoas. Com uma boa formação em direito e tendo aprovação na OAB, você poderá ajudar milhares de pessoas que sofrem injustiças e não possuem acesso a bons advogados.

Como está o mercado de trabalho?

O curso de Direito é um dos mais disputados no Brasil entre as universidades. O campo está sempre aberto e não falta oportunidade para exercer essa profissão. Seja no setor privado ou público, você encontrará constantes vagas para atuar nesse segmento.

Como as relações na sociedade dependem de direitos e deveres, então, questões a serem asseguradas pelo Direito acabam por ser rotineiras e permanentes.

E essa relação acontece entre pessoas, empresas e poder público. Por essa razão, o curso de Direito é necessário em todas essas esferas onde há o exercício do relacionamento humano. Onde ele existe, o Direito acompanha.

Diante do cenário político, econômico e social que o Brasil se encontra, hoje, há pelo menos 4 campos de atuação crescentes, no qual você pode investir e se especializar dentro do curso de Direito!

Habilidades do Estudante de Direito

O estudante de direito deve ter algumas habilidades necessárias, as principais delas são:

  1. comunicação escrita;
  2. boa capacidade de leitura;
  3. visão analítica e crítica;
  4. argumentação; e
  5. síntese de ideias.

Atualmente, as boas faculdades de direito melhoram as competências relacionadas à comunicação escrita, portanto, é importante que o interessado em conquistar um bacharelado em direito busque uma faculdade ponta e não qualquer instituição.

Uma faculdade que tem seu método de ensino baseado apenas em provas e aulas expositivas pouco melhoram as habilidades de comunicação escrita, argumentação e construção de teses jurídicas.

Na verdade, essas habilidades comportamentais são indispensáveis para o bom exercício de qualquer atuação relacionada ao direito.

O que se espera de um profissional em Direito?

O perfil de um profissional em Direito exige que ele busque constantemente aprender sobre ações jurídicas e que se empenhe em novas leituras de sua área.

Também se espera bom domínio de conhecimento das leis e suas constantes atualizações, devendo estar por dentro de decretos, normas, regulamentações etc.

O profissional deverá falar com propriedade, ser bem articulado com os seus questionamentos e apresentações, saber defender com argumentos plausíveis e ter um ótimo posicionamento.

Ser curioso, disposição a aprender coisas novas, gostar de ler, fazer pesquisas, ter um aprendizado frequente são características relevantes para exercer essa profissão.

Uma das primeiras etapas de trabalho para o profissional em Direito é compreender a situação, estar informado das causas, os objetivos de seus clientes.

Após obter tudo que precisa para a compilação de dados, ele vai tentar fazer um acordo entre todas as partes envolvidas sem necessitar de um processo jurídico.

Caso as partes não cheguem a um acordo, então, a medida é preparar uma ação judicial e dar entrada no processo apresentando ao Tribunal de Justiça.

Depois dessa etapa, o advogado irá acompanhar todo o processo, saber das datas de audiência, quais as instâncias que estão sendo analisadas e atualizar os seus clientes sobre informações e sua evolução.

O advogado pode atuar nos processos como defesa ou acusação, isso vai depender do cliente que o contratar. Espera-se que ele seja transparente e que cuide das causas com total responsabilidade, ética e profissionalismo.

Áreas de trabalho para profissionais do direito em alta

Com alto índice de procura, o curso de Direito permanece ativo e em constante concorrência. Essa demanda se dá por conta da enorme oferta no mercado, em que tanto as empresas privadas como públicas necessitam de serviços jurídicos cada vez mais recorrentes.

Por ser um campo expansivo, o candidato que deseja ingressar numa faculdade de direito pode se especializar em uma área especifica.

Ele ou ela pode atuar como advogado (em empresas privadas como profissional liberal ou funcionário do departamento jurídico, autônomo em seu escritório particular, consultor jurídico, dentre outros), se qualificando em um segmento definido.

Dentro do Direito, o profissional pode escolher, por exemplo, atender causas trabalhistas, empresariais, tributárias, forense, compliance e ética (em alta), recuperação judicial e de crédito, entre outras.

Algumas áreas estão em alta no Brasil das quais podemos destacar:

  1. Ética e compliance
  2. Orientação jurídica quanto à recuperação de crédito
  3. Tributação
  4. Trabalhista
  5. Métodos alternativos de resolução de conflitos

1 – Ética e compliance

É o campo do Direito em que você atuará na gestão interna da empresa, tendo o dever de evitar e combater a corrupção. A ética e compliance está em grande expansão não apenas no Brasil, como em todo o mundo.

Diante de escândalos cada vez mais frequentes por conta da corrupção no setor governamental e privado é que surgiu essa necessidade de um profissional do Direito.

Existe, atualmente, uma preocupação incessante quanto à transparência, ética e honestidade nas corporações, fazendo com que um advogado especializado seja primordial e efetivo.

2 – Orientação jurídica quanto à recuperação de crédito

A crise econômica no Brasil fez com que inúmeras empresas entrassem em dívidas e dificuldades financeiras. Sendo assim, um campo que está em crescimento é o de recuperação de crédito.

Por isso, uma orientação jurídica pode ajudar as empresas a retornarem o seu crescimento e expansão, a partir de um planejamento bem definido.

3 – Tributação

Outro campo que não é nenhuma novidade, mas que sempre se apresenta em alta é o do Direito tributário.

Qual a empresa não precisa de um profissional em advocacia para orientar quanto às vantagens, despesas, lucros, obrigações e outros itens acerca dos tributos?

Assim, além das causas que concernem impostos, tributos, cobranças exigidas de ordem pública, o profissional qualificado nesse campo irá tratar do planejamento e gestão tributária da empresa.

Dentre as suas incumbências, vale destacar:

•    Ter conhecimento sobre vantagens, descontos para que se reduza legalmente os impostos;

•    Elaborar estratégias para que os negócios se tornem cada vez mais lucrativos;

•    Criar mecanismos para receber lucros até nos tributos pagos;

•    Conhecimento apurado sobre as leis, regulamentações, diretrizes e como aplicá-las nas empresas.

Portanto, um advogado competente nessa área será um enorme diferencial para que a economia na empresa se mantenha firme e a rentabilidade nos negócios seja crescente e aumente de nível.

4 – Trabalhista

As relações de trabalho sempre ganharam destaque no mercado, sendo alvo de muitas ações judiciais entre empresas e seus colaboradores. Por isso, esse é um campo do Direito que nunca se apresenta escasso, o que faz com que as oportunidades de atuação para trabalhar nele sejam cada vez maiores.

Sem contar que o aumento do desemprego gera mais demanda em decorrência dos acertos estarem corretos ou não. Portanto, se você estiver pensando em atuar como um profissional do Direito no campo trabalhista, é bom estar atualizado com a legislação e se manter informado com mudanças cada vez mais frequentes.

5 – Métodos alternativos de resolução de conflitos

Principais mudanças no código de processo civil

Os métodos alternativos são amplamente utilizado em países como os Estados Unidos para desafogar a justiça e agilizar a solução de problemas para as pessoas.

No Brasil, o tema estava fraco até que o Novo Código de Processo Civil adicionou grande importância ao tema.

O fato de ser algo que tem sua importância destacada recentemente, abre espaço para que profissionais jovens e também escritórios relevantes invistam nas técnicas de métodos alternativos como:

  1. Negociação
  2. Conciliação
  3. Mediação
  4. Arbitragem

Existe faculdade de direito online

Sim, existe a alternativa da Ambra College que oferta curso de bacharelado direito brasileiro.

No entanto, a Ambra é uma faculdade americana e o diploma deverá ser revalidado no Brasil antes da realização do exame da OAB ou de concurso público.

Pós-Graduação: os melhores cursos de mestrado e doutorado em direito

O bacharel em direito pode seguir com os estudos de pós-graduação fazendo cursos de especialização, mestrado e, até mesmo, doutorado. Ademais, aos que desejam atuar como advogados, é recomendável fazer um bom curso de MBA, veja a diferença entre curso de MBA e especialização,  para desenvolver competências gerenciais e empreendedoras.

Existem milhares cursos de especialização, centenas de mestrado e doutorado em direito.

No Brasil, a Capes é o órgão que verifica a qualidade dos cursos de mestrado e doutorado. Segundo a Capes, os melhores cursos de mestrado e doutorado em direito no Brasil são os cursos das seguintes universidades:

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC/MG) – Privada
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) – Privada 
Universidade de Brasília(UNB) – Federal
Universidade de São Paulo (USP) – Estadual
Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) – Privada
Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc) – Federal 
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Federal 
Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Federal

Observe que temos 8 instituições na elite da pesquisa em direto no Brasil. Dentre essas, três são universidades privadas, uma é estadual e as demais são federais.

Em termos de distribuição geográfica, a região sul possui 4, a sudeste 3 e a centro-oeste uma das melhores escolas de direito para mestrado e doutorado no Brasil.

É importante que você entenda que um mestrado pode ser excelente ainda que não esteja nessa seleta lista da Capes porque somente instituições com curso de doutorado possuem avaliação de curso em nível superior a 5 pela Capes.

Na verdade, essa lista indica a elite da pesquisa em direito com foco em doutorados sendo uma boa forma para identificar os melhores cursos para o maior nível acadêmico de estudos em direito no Brasil.

O exame da OAB

É importante destacar que, para se tornar um advogado, você terá que ser aprovado no Exame da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil.

O exame da OAB é uma prova objetiva e dissertava que qualifica o graduado em direito a atuar como advogado:

  • Fase 1: Prova objetiva constituída questões referentes aos conteúdos de todo o curso de Direito.
  • Fase 2: Prático-profissional cuja especificidade se destina para a área escolhida pelo candidato. Nela, há a redação de uma peça jurídica e questões dissertativas.

O profissional poderá exercer a carreira jurídica pública, para a qual deverá prestar concurso público. Nesses casos, também é exigida a aprovação no exame da OAB.

Atualmente, a prova do exame da OAB é realizada nacional pela FGV – Projetos.

Resta alguma dúvida sobre faculdade de direito? Escreva um comentário. Caso tenha algo faltando, coloque no comentário para que eu possa melhorar o texto e atender ao que você está procurando.