Navigation

Brasileiros no Exterior
Imigrantes se destacam em startups nos EUA

Com a entrada do curso de Administração de Empresas na AMBRA College, um dos assuntos preferidos aqui no blog tem sido sobre dicas de empreendedorismo, livros de Administração, entre outros em nossa seção. A outra novidade foi que na seção Brasileiros no Exterior estamos contando histórias de brasileiros que tiveram êxito em seu negócio nos EUA.

E foi em uma das matérias do site Comunidade News que encontramos mais um tópico excelente para abordarmos aqui: sabia que das 50 maiores startups nos EUA, 23 pertencem aos imigrantes? Para quem não sabe, uma startup é uma empresa nova ou em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras.

Na notícia é apontada uma pesquisa da National Foundation for American Policy que afirma que “Das 50 maiores empresas do segmento, 23 têm ao menos um fundador estrangeiro. Além disso, 37 têm um imigrante em uma posição-chave“. No estudo,  foram consideradas empresas privadas avaliadas em menos de US$ 1 bilhão e que tenham recebido financiamento de capital de risco nos últimos três anos.

Além disso, a geração de emprego é certa, pois entre essas grandes startups são empregados em média 150 pessoas para cada empresa, o que demonstra a importância de empreendedores estrangeiros para os EUA:

Após a pesquisa, Emily Baker, Vice-presidente da National Venture Capital Association, de financiamento, argumentou em seu blog que o país deveria ampliar as oportunidades para os empreendedores estrangeiros, que estão criando empregos e impulsionando a economia, além de ajudar a retê-los quando estudantes para que abram negócios nos Estados Unidos.”

Para ler a matéria na íntegra, acesse aqui.

am_cta_ebook08_guiaempreendedor

A equipe de Redação da Ambra é formada por profissionais especializados em redação, marketing, finanças, empreendedorismo, administração e gestão. Estes profissionais são os responsáveis por criar conteúdo informativo e que ajudam a inovar e resolver problemas do mercado.