Lições nos discursos de formatura

O blog da Ambra traz hoje  lições valiosas retiradas de discursos de formatura. Um momento de reflexão sobre a etapa cumprida e a nova fase da vida que o formando está prestes a vivenciar.

Em um artigo sobre Educação Empreendedora, já citamos um dos mais famosos discursos de formatura, realizado por Steve Jobs para uma turma de Stanford. Hoje trazemos mais 3 discursos de personalidades para inspirar:

 John F. Kennedy – presidente dos EUA

Cinco meses antes de ser assassinado, o então presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, compartilhou com os recém-formados da Universidade Americana alguns conselhos sobre a paz – em plena Guerra Fria:

Nossos problemas são humanos – portanto, eles podem ser resolvidos por humanos. E um homem pode ser tão grande quanto ele quiser. Nenhum problema do destino humano está além dos seres humanos”.

Meryl Streep – atriz americana, ganhadora de 3 Oscars 

Depois de admitir bancar a especialistas em diferentes assuntos, Meryl Streep confidenciou para a turma de 2010 da Faculdade Barnard, da Universidade de Columbia, os seguintes conselhos:

“Esta é a sua vez e isso parece normal para você. Mas, na verdade, não há nada normal. Há apenas mudança, resistência a isso, e então mais mudança”

“Eu posso afirmar que os prêmios tem pouca relevância para minha felicidade pessoal. Meu senso de bem estar e propósito no mundo vem de estudar o sentimento do mundo, a empatia com o meu trabalho. Isso vem de estar alerta, vivo e envolvido com as vidas das pessoas que amo no mundo mais amplo que precisam da minha ajuda,. Não importa o que você vê ou ouve de mim enquanto estou na TV segurando uma estatueta, aquilo é atuação”.

Sheryl Sandberg – chefe operacional do Facebook

Dezessete anos após se formar em Harvard, Sheryl Sandberg compartilhou com a turma de 2012 do MBA de Harvard algumas das lições que aprendeu durante a própria trajetória profissional.

“Se te oferecerem um lugar em um foguete, não pergunte onde o assento fica”. De acordo com a COO do Facebook, este conselho foi dado por Eric Schimidt, então CEO do Google, quando ela estava em dúvida se aceitava ou não a proposta de trabalhar na empresa.

A metáfora de crescimento na carreira como subir uma escada não combina mais com uma estrutura corporativa cada vez menos hierárquica. Todos sobem, juntos. Para explicar isso, ela contou como contratou Lori Goler, então chefe de RH do Facebook. Em vez de focar nas próprias habilidades na hora de vender a si própria na entrevista, Lori perguntou à Sheryl “qual era o maior problema que ela enfrentava e como ela podia ajuda-la nisto”.

“Procure por oportunidades, procure por crescimento, procure por impacto, procure por missão. (…) Construa suas habilidades, não seu currículo. Avalie o que você pode fazer, não o cargo que darão a você. Faça trabalho de verdade”.

Fonte: Carreira Exame

am_cta_ebook08_guiaempreendedor