O Direito no mercado de trabalho – parte 2

Semana passada iniciamos uma discussão sobre o mercado de trabalho para quem escolheu a área jurídica como profissão. Em “O Direito no mercado de trabalho – parte 1“, falamos de algumas dificuldades, novas perspectivas e da importância de escolher uma instituição de qualidade, se dedicar e ter foco em seus objetivos.

Hoje continuamos trazendo algumas opções nos caminhos que os profissionais estão buscando.

A grande parte de alunos e advogados, atualmente, se dedica ao estudo para os Concursos Públicos. São muitas oportunidades e opções para uma carreira estável e bem remunerada. Este caminho é muito buscado pelos jovens profissionais. Ainda na faculdade, os alunos já se preparam em cursinhos em busca da tão sonhada estabilidade.

É uma área altamente seletiva e, pensando por este lado, alguns especialistas em recrutamento e seleção, garantem que a alta procura pelos cargos públicos pode fazer com que poucas vagas sobressalentes no mercado privado não sejam preenchidas. Porém, a qualificação do profissional é indispensável.

No mercado privado, os advogados são predominantemente profissionais liberais, exercendo atividade em escritórios particulares ou partilhados com colegas de profissão. A prestação de serviços ou contratos individuais de trabalho também são comuns neste mercado, assim como organizações públicas e privadas como bancos, seguradoras e consultorias que contratam o profissional.

Hoje em dia, o profissional de Direito é muito procurado no âmbito do Direito Comercial, por exemplo, enquanto anteriormente eram mais solicitados para resolver processos como direito sucessório (heranças, partilhas, propriedades etc). Especialistas ainda apontam para novas práticas jurídicas que ultrapassam os âmbitos do direito penal, cível ou trabalhista. Muitos têm se especializado em direito ambiental, imobiliário, informática, comércio exterior. São novas especializações que têm atraído os novos profissionais.

Ainda há a opção da carreira acadêmica, para quem se interessar. Programas de especialização e mestrados também são muito procurados.

A principal dica destes dois posts é deixar claro que uma instituição de qualidade é fundamental. Porém, não será a única responsável pelo seu sucesso profissional. Ela é uma das etapas. Algumas opções se abrem no mercado, mas fazer um curso de pós-graduação e se atualizar constantemente garante maior conhecimento ao profissional e traz uma vantagem maior na colocação em concursos públicos, inclusive.

Postura, ética, construir sua biblioteca e sempre buscar o hábito de ler livros: apenas algumas dicas para conquistar as vagas que citamos por aqui. Bom trabalho!

Leia também:

O Direito no mercado de trabalho – parte 1

 

am_cta_ebook12_novocodigocivil-1