8 características de um profissional liberal de sucesso

Apesar da maioria das pessoas confundirem o profissional liberal com o autônomo, existe uma diferença considerável entre eles. Enquanto os liberais possuem sempre formação (ensino técnico ou superior) e trabalham livremente em suas áreas, autônomos não necessariamente possuem algum diploma, trabalham por conta e podem prestar vários tipos de serviços.

Formado muitas vezes por advogados, médicos, fisioterapeutas, dentistas, arquitetos, jornalistas, psicólogos, entre outros, o grupo de profissionais liberais também pode ser empregado, diferente de autônomos.

Mas você sabe quais as características que um profissional liberal de sucesso deve buscar? No post de hoje trouxemos algumas delas para vocês. Acompanhe!

1. É um grande conhecedor de sua área

No momento em que você ouve a palavra “profissional”, você sabe que já desfruta do privilégio de ser um grande conhecedor de um assunto, alguém que é um especialista no seu campo. Seja você um advogado com grandes conhecimentos em causas ou um arquiteto com vários projetos no currículo, esse “banco de conhecimentos” é o que garante seu maior destaque.

Como um profissional liberal, é importante buscar estabelecer padrões exemplares com seu estilo de trabalho, seu know-how e a vontade de apresentar o seu melhor sempre.

2. É experiente

Para que uma pessoa se “aventure” a ser um profissional liberal e possa ofertar um bom serviço, é ideal que tenha muitos anos de trabalho duro — primeiro com os estudos e então a prática. Para ser um destaque em sua área, é necessário mergulhar de cabeça nas diversas experiências que puder ter e, claro, buscando sempre ir além. Ou seja, ser um grande conhecedor de projetos, principalmente, tendo os melhores como referência para trabalhos futuros.

3. Tem conhecimento de liderança e gestão

Quando você decide se tornar um profissional liberal, é importante ter em mente que você será “uma empresa de uma pessoa só”. Dessa forma, é fundamental obter conhecimentos de gestão para saber como lidar com recursos e fazer sua “empresa” se destacar no mercado, conseguindo assim clientes e contratos.

Para ser um bom profissional dessa área, conheça bem o seu trabalho, esteja no controle, saiba quais são os seus valores, seja perito em alavancar a reputação de sua empresa e garanta que o negócio permaneça se desenvolvendo da melhor forma possível.

Em condições de crise, tome nota dos principais planos de ação, mantenha boas relações com clientes que possam ir além das expectativas e faça um balanço da situação rapidamente. Em seguida, crie estratégias para proporcionar segurança à situação e mostre seus diferenciais em lidar com problemas.

4. Sabe lidar com incertezas

Como um profissional liberal, não há nenhuma garantia de que os serviços ou projetos que você oferece terão demanda daqui a seis meses, por exemplo. Não há garantias de que seus clientes pagarão as contas em dia ou até mesmo da forma que devem. Assim como não há como prever que o seu atual grande cliente, que parece estar perfeitamente feliz com o seu trabalho, não vá deixá-lo na próxima semana.

Dessa forma, assim como falamos, você precisa ser um bom gestor e saber lidar com possíveis imprevistos, uma vez que a sua renda pode ser mais instável nesse ramo. Para muitos ex-funcionários que estão habituados a ter um pagamento garantido no começo do mês, essa incerteza de ser um trabalhador liberal é muito difícil de lidar inicialmente, mas com o tempo tudo entra nos eixos, basta se organizar.

5. É visionário

Profissionais que estão nessa jornada — “ser o melhor em seu campo” — precisam alcançar as escalas mais elevadas de excelência. Para isso, é necessário traçar estratégias para desenvolver novas táticas, aperfeiçoar suas boas práticas antigas e desenvolver um mapa desse caminho que você busca, tanto em termos de know-how, como em conhecimento do seu nome no mercado. Seja perspicaz para poder sempre ultrapassar os pequenos e grandes problemas que aparecem no caminho.

6. Desenvolve bons contatos em sua rede

Construir e manter um negócio rentável como profissional liberal é uma tarefa desafiadora, mas pode ser muito mais fácil se você desenvolver uma rede eficaz de apoio mútuo, o famoso networking.

A construção de fortes relações comerciais com aqueles que têm a capacidade de ajudar o seu negócio a prosperar pode significar a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Lembre-se, porém, de que isso não é apenas uma via de mão única. Faça o seu melhor para criar perspectivas de negócios para aqueles que o ajudam, e não se recuse a indicá-los se você encontrar em uma forma de fazer isso.

7. É tenaz

Os empreendedores bem-sucedidos sabem como manter seus olhos sobre o prêmio. Eles são apaixonados pelo que fazem e capazes de usar boas referências para as tarefas do dia a dia, envolvidas com a gestão de seu trabalho.

Manter metas de longo prazo em mente permite se livrar de retrocessos temporários. Profissionais assim, também tendem a possuir um espírito competitivo e são levados a ser o melhor em tudo que fazem. Eles gostam de desafios e são estimulados por sua clareza incomum de visão e seu desejo de vencer.

Richard DeVos, bilionário fundador da Amway, coloca desta forma: “Se eu tivesse que escolher uma qualidade, uma característica que considero ser a mais correlacionada ao sucesso, seja em qual área for, eu optaria pela perseverança, pela determinação. A disposição de aguentar até o fim…”.

8. Busca maior qualificação e excelência técnica

Os bons profissionais sabem que o lugar onde se encontram hoje não veio de forma fácil. Eles também estão cientes de que a estrada à frente será difícil, árdua e competitiva. Assim, é de extrema importância que bons profissionais se recusem a descansar sobre glórias passadas.

Estejam conscientes do fato de que as suas competências e seus negócios devem evoluir em sintonia com a dinâmica do mundo e a mudança dos tempos. Além disso, essa garra fará que você possa sempre se destacar cada vez mais frente ao mercado.

Procure sempre novas qualificações para que sua excelência técnica seja sempre a mais requisitada no mercado e você possa ser uma grande referência em sua área.

Esperamos que tenham gostado do nosso post de hoje e que ele possa ajudá-lo a se tornar um melhor profissional liberal. Ficou alguma dúvida? Tem alguma sugestão a mais sobre esse tema? Deixe um comentário e participe!

  • Nayara

    Muito Bom! Gostei! Estou há quase dois anos como profissional liberal. É um caminho extremamente árduo, mas que deve ter sobretudo muita fé, persistência e dedicação!

    • alffreitas

      @disqus_Nq1g1TrAQo:disqus

      Parabéns pela persistência.

      A criação da nossa carreira por conta própria é um estilo de vida que exige um investimento humano bem superior ao sistema tradicional de emprego como funcionário tradicional. Enfim, é diferente e adequado para uns e não para outros. Como você já está há dois anos, certamente, é bom pra você. Siga forte.

      Abraços